Felinos - Universo de Tecnologia

Ir para o conteúdo
Felinos
Seres da galaxia de Sirius e de Orion

     Eles são de um universo que já se completou. Chegaram em nossa galáxia quando ela estava sendo construída. Foram convidados pelos Construtores e pela Hierarquia Espiritual Universal para serem os mestres geneticistas do nosso universo. Eles residem em uma estrela na constelação de Sírius conhecida como Sírius A e não devem ser confundidos com os Humanos que colonizaram Sírius B. Eles viviam em Sírius A muito tempo antes dos Humanos de Lyra chegarem.
Eles criaram todas as formas de vida nos planetas e estrelas em nosso universo. Isto inclui vegetação, animais, e os veículos físicos que as almas usam para sua encarnação.
     Eles são seres altos, com cabelos vermelho-dourado e, normalmente, olhos castanhos ou verde-dourado. Os Felinos são seres poderosos, altamente evoluídos, amorosos, gentis e de natureza benevolente. Eles também cuidam das almas que sofreram severos danos emocionais nas encarnações e que são enviadas aos Felinos para serem tratadas depois da morte.
     Os Felinos vivem na 6ª dimensão para executar o trabalho deles, embora sejam seres de dimensões mais elevadas. A 6ª dimensão é a dimensão da criação, onde a energia torna-se física.
     Os Felinos trabalham muito unidos com as Hierarquias Espirituais dos diferentes planetas e galáxias em nosso universo. Quando é decidido que uma alma-grupo precisa de um planeta e um veículo físico para encarnação, são os Felinos que são nomeados para a tarefa de preparar o planeta e criar os corpos. Houve tempos em que eles também criavam planetas.
     Os Felinos são uma raça bípede que têm 12 a 16 pés de altura. Sua pele é coberta por uma espécie de penugem macia, e embora eles não tenham pelo, eles têm manes e ambos machos e fêmeas tem cabelos longos.
     Seus olhos variam a cor varia do azul ao ouro e podem mudar do azul para o ouro, conforme amadurecem. Eles também transformam-se de ouro marrom para branco.
     O Felino padrão tem o temperamento quente, sanguíneo e intelectual. Logo que eles amadurecem eles ficam mais sombrios, introspectivos e a natureza mais gentil. Os anciões são reverenciados por sua sabedoria, compaixão e discernimento.
     Como uma raça, eles são extremamente próximos e tem um grande senso de justiça. Os femininos são reverenciados e honrados e com igual status que os masculinos.E verdade que da forma felina, todos eles são muito curiosos e inquisitivos.
     Como parte dos Jogos Universais, os Fundadores deram aos Felinos um novo planet ana Constelação de Lyra para ser a sua casa. Os Felinos chamaram este planeta de Avyon. Essa não é exatamente a pronúncia, nem a escrita, mas é próximo o suficiente. O nome verdadeiro não pode ser traduzido.
     Avyon era um planeta paraíso com montanhas, lagos, rios e oceanos. Este planeta azul foi muito bom como o nosso presente planeta Terra em termos de variedade de vegetação e formas de vida.
     Quando os Felinos chegaram, eles estavam na forma etérica, e por isso, passaram a fase de fazer evoluir um corpo físico com o qual pudessem residir no planeta.       Depois de muitos milhões de anos, eles evoluíram o leão e outros felinos e começaram a encarnar nessas formas de vida.
     Como parte do plano, uma parte do grupo original ficou como Felinos etéreos de forma a fornecer orientações aos encarnados. Eles seriam os equivalentes modernos de nossos dias ao que chamamos Seres Crísticos. Lembre-se, este era um planeta em 3D e uma vez que os felinos etéreos encarnavam, eles também ficavam sob o véu da amnésia que faz parte do funcionamento da terceira dimensão (3D)de um planta de livre arbítrio.
     Em tempo, a consciência Felina tornou-se grande o suficiente para assumir as responsabilidades de guardiães planetários de seu mundo. Eles continuaram a evoluir e, eventualmente, desenvolveram a tecnologia de viagens espaciais e, em seguida, warp tecnologia. Seus irmãos e irmãs etéreos continuaram a agir como seus guias
Muitos deles tornaram-se geneticistas (uma especialidade Felina) e começaram a ajudar o desenvolvimento de formas de vida de diferentes tipos para os planetas e estrelas do universo.
     Alguns dentre eles se tornaram grandes exploradores espaciais e cientistas de diversos tipos.
     Foi durante esta fase do seu desenvolvimento que os felinos voltariam a sua atenção para o bípede mamífero que eles desejavam tanto, e iniciariam um programa de melhoramento e cruzamento genético que iria dar-lhes uma alma, e, nesse processo criaram uma nova espécie que tornaria-se conhecida como Humanos.
     Após inúmeros cruzamentos e melhoramentos genéticos, o Homem Adão foi criado. Havia duas estirpes, a estirpe cabeça vermelha sendo os mais ativos e energéticos, e a estirpe dos loiros de platina, sendo o mais naturalmente gentis e introspectivos.
     Depois de muitos milhares de anos de cuidadosos cruzamentos e reproduções contínuos, o Felino / Humano híbrido começou a ser mais comum na linhagem real dos Felinos, A Casa de Avyon, mais que os Felinos puros. No entanto, este era o plano.
     Em tempo, a raça pura dos Felinos passaria a ser os antigos ancestrais dos seres humanos com suas características genéticas apenas como um lembrete da ligação entre eles. E, embora as relações genéticas entre os felinos e seres humanos tenham sido esquecidas pelo homem moderno, os Felinos permanecem em nossa consciência como uma criatura real, digno do nosso respeito e amor.
     Os felinos continuam a ser os amorosos e guardiões de apoio de seus tutores genéticos descendentes, os seres humanos. Eles continuaram neste papel através dos tempos e de todas as dimensões do Jogo Universal.
Voltar para o conteúdo